domingo, 5 de outubro de 2008

Maria, padroeira de Madagascar

Em 1971, foi celebrado o centenário da chegada do primeiro padre católico a Fianarantsoa. Na ocasião, o Arcebispo, Dom Gilbert Ramanantoanina, tomando a Sagrada família como modelo, dedicou o ano do centenário à santificação da família. Em entrevista ao jornal católico Lumière (Luz), o Arcebispo lembrou os momentos significativos, notáveis dos primeiros cem anos da vida cristã, em relação à sua circunscrição eclesiástica, evocando a personalidade do Padre Finaz que, em 1885, rezou a primeira Missa em Tananarive, onde viveu clandestinamente, quando da perseguição aos cristãos católicos. Teve início, então, a evangelização de Fianarantsoa... Padre Finaz lá chegou a 5 de outubro de 1871 e conseguiu frustrar a hostilidade dos protestantes. Alugou modesta palhoça, onde instalou um oratório, e colocou uma estátua da Virgem Santíssima sobre o altar. Logo na primeira reunião - domingo, 9 de outubro -, o sacerdote ensinou alguns cânticos às crianças e a recitação do Terço. Recorrendo, confiante, à Maria Imaculada, Padre Finaz conseguiu, graças à Mãe Santíssima, Rainha do Céu, e ao Primeiro Ministro, autoridade aqui na Terra, a concessão de dois terrenos necessários ao estabelecimento da Missão, isto, apesar das pesadas dificuldades, aparentemente insuperáveis, por que passara. O primeiro terreno foi liberado no dia 8 de dezembro de 1871 e o segundo, um ano mais tarde. Desde 1867, um florilégio de cânticos fora composto por outro missionário, Padre Castets, e as primeiras palavras da seleta, ou mesmo, da antologia, eram as seguintes: "Ó Maria, Mãe imaculada, nós, povo madagascarense, a elegemos nossa Padroeira e nossa Força." Este compromisso mantém-se válido até os nossos dias e os madasgascarenses, com toda a fidelidade, continuam a rezar, a louvar e a recorrer à Virgem Maria nas tantas grutas de Nossa Senhora de Lourdes, estabelecidas em todo o país.


(Nossa Senhora das T.N. 1971, nº 2)




Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois Vós entre as mulheres, bendito é o fruto de Vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário