sábado, 15 de novembro de 2008

A Predestinação de Maria segundo Maria de Ágreda (IV)


Numa quarta etapa ficou estabelecido que a humanidade do Verbo receberia todas as graças e que a santidade, a sabedoria, a beatitude e a glória divina afluiriam em sua alma tanto quanto esta fosse capaz de recebê-las. A este decreto alia-se, em segundo lugar, por uma conseqüência necessária, a predestinação da Mãe do Verbo encarnado. Ela foi concebida no pensamento divino como a primeira de todas as criaturas, e, imediatamente, derramou-se sobre ela o rio da Divindade e de Seus atributos, tanto quanto requeria a sua dignidade de Mãe e tanto quanto ela fosse capaz de recebê-las.

Bem-aventurada Maria de Ágreda, A Cidade Mística ou Vida Divina da Santíssima Virgem Maria (Primeira Parte, capítulo 1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário