domingo, 20 de maio de 2012

HOMILIA PARA A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR 2012

Meus queridos Amigos e Irmãos na Fé! "Homens da Galileia, porque estais admirados, olhando para o céu? Este Jesus há de voltar do mesmo modo que o vistes subir, aleluia!" (At 1,11). Em comunhão com todos os cristãos, celebramos a Ascensão de Jesus, plenitude da Páscoa, que atualizamos na Eucaristia. A Igreja comemora neste domingo da Ascensão do Senhor, o 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais, com o tema: “Silêncio e Palavra: Caminho de Evangelização”(Papa Bento XVI). Ao longo da semana, preparamo-nos para a Solenidade de Pentecostes, rezando pela Unidade dos Cristãos à luz do tema: “Graças sejam dadas a Deus, que nos dá a vitória por meio do Senhor nosso Jesus Cristo” (1 Cor 15,57). “Jesus despede-se dos seus; antes, porém, conclama-os para que dêem continuidade à missão por ele iniciada e derrama sobre eles a bênção, sinal de sua presença contínua. Jesus, ao despedir-se, deixa aos discípulos a tarefa de continuar a missão que ele iniciou. A Ascensão revela nova presença de Jesus, em sinais visíveis de transformação e libertação. Elevado ao céu, Cristo é a cabeça da Igreja e o Senhor da humanidade” (cf. Liturgia Diária de Maio de 2012 da Paulus, São Paulo, p. 66). "Ide ao mundo, ensinai aos povos todos; convosco estarei, todos os dias, até o fim dos tempos, diz Jesus" (Mt 28,19s). "As palavras de Jesus e sua presença viva, que estará sempre em nosso meio, nos colocam a caminho e nos incentivam a sermos fieis à missão. Elas nos impelem a sair de nós mesmos para abrir-nos a um novo horizonte, que possibilita a todos os seres humanos a alegria de sentirem-se filhos de Deus e irmãos entre si. O Ressuscitado nos confia o anúncio da Boa Nova da salvação, libertando-nos da estagnação para nos empenhar na promoção da vida. Toda a comunidade recebe a ordem de fazer discípulos, batizando-os e ensinando-os a observar os ensinamentos deixados por Jesus. Da comunhão de amor, pelo batismo, deve surgir uma humanidade nova, alicerçada na filiação divina e na fraternidade. 'Uma vez que todo o Povo de Deus é um povo enviado, a missão de anunciar a Palavra de Deus é dever de todos os discípulos de Jesus Cristo, em consequência do seu batismo. Nenhuma pessoa que crê em Cristo pode sentir-se alheia a esta responsabilidade que deriva do fato de ela pertencer sacramentalmente ao Corpo de Cristo. Esta consciência deve ser despertada em cada família, paróquia, comunidade, associação e movimento eclesial. Portanto, toda a Igreja, enquanto mistério de comunhão, é missionária, e cada um no seu próprio estado de vida, é chamado a dar uma contribuição incisiva para o anúncio cristão' (Exortação apostólica pós-sinodal, Verbum Domini, Brasília: Edições CNBB, 2010, p. 125). Nesta semana de oração pela unidade das Igrejas cristãs, invoquemos o Espírito de Deus para que habite em nós e seja nosso sustento na missão que recebemos do próprio Ressuscitado" (cf. Roteiros Homiléticos Continental da CNBB N. 16). "Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos, aleluia!" (Mt 28,20). A Solenidade da Ascensão do Senhor, remete-nos às Metas do Projeto de Ação Missionária da Arquidiocese de Ribeirão Preto, propostas por nosso Arcebispo Metropolitano, Dom Joviano de Lima Júnior,sss: 1. Proclamar a Palavra nas visitas missionárias, em todos os encontros pastorais, nas reuniões, nos grupos de estudo e de oração. Como os discípulos de Emaús, ouvir a Palavra e anunciar o Querigma da salvação, para que a chama da missão se acenda nos corações. 2) Convocar à ação missionária permanente os movimentos e pastorais, despertando em seus integrantes o ardor missionário. 3) Descobrir e formar novas lideranças, entre os leigos e leigas, para que atendam ao convite de Jesus à missão, para que a nossa Igreja particular de Ribeirão Preto seja cada vez mais servidora e missionária. 4) Atualizar a missão que Jesus confiou aos seus discípulos, através de uma evangelização inculturada, com novos métodos, expressões e ardor missionário. 5) Evangelizar as famílias, indo ao encontro de suas necessidades e acolher os casais de segunda união. 6) Despertar os jovens para a missão, incentivando-os a evangelizar os ambientes onde se encontram com simplicidade e alegria" (Plano de Ação Pastoral - Arquidiocese de Ribeirão Preto (2011-2015), SIM - Projeto de Ação Missionária - Ser Igreja em Missão, p. 32). Sintamo-nos cada vez mais missionários por todos os lugares, junto a todos com quem convivemos o hodierno de nossa vida cristã. Não tenhamos vergonha e nem guardemos nosso amor a Jesus Cristo somente para nós. Anunciemo-lo com a vida e, de acordo com São Francisco de Assis, se necessário, usemos também, da Palavra! Nosso testemunho é fundamental. O ditado popular: "Religião não se discute..." se desatualiza diante da conclamação à nossa missionariedade e discipulado em todos os ambientes! (cf. Conclamação das DGAE da CNBB, repetidas na 50ª Assembleia em Aparecida em abril de 2012). Rezaremos, especialmente pelos Comunicadores também em nossas Celebrações deste Domingo, 8 e 10 horas, a quem somos profundamente agradecidos por divulgarem nossa modesta colaboração na Evangelização Virtual. Sejam sempre muito abençoados: • Márcio Smiguel Pimenta da PASCOM: www.arquidioceserp.org.br • Rodrigo Simões do GRUPO EVIDÊNCIA Top: www.rodrigosimoes.com.br • Demétrio Pedro Bom Júnior do SISTEMA CLUBE DE COMUNICAÇÃO: www.demetriolpbjr.blogspot.com e www.tollelege-rp.blogspot.com • CMN 750 – AM – A RÁDIO DA FAMÍLIA – Sebastião Xavier • Welgima: www.tudoporjesusemaria.webnode.com.br de Belo Horizonte, MG. • Jornal TRIBUNA de Ribeirão Preto: José Paulo e Hilton. • AMIR CALIL DIB – JORNAL GAZETA RIBEIRÃO (Coluna Social) Desejando-lhes bênçãos, com ternura e gratidão, o abraço amigo, Padre Gilberto Kasper (Ler At 1,1-11; Sl 46(47); Ef 1,17-23 e Mc 16,15-20)

Nenhum comentário:

Postar um comentário